Crítica – Os Incríveis 2

Crítica – Os Incríveis 2 “Uma animação espetacular”

Em 2004, quando a Pixar lançou o primeiro Os Incríveis, os filmes de super-heróis ainda não estavam em alta como nos dias de hoje. Desde então, muito se falou sobre uma continuação para aquela que se tornaria uma das animações mais queridas do público. E essa espera de 14 anos, vai levar ao cinemas adultos que cresceram com essa história.

Apesar dessa demasiada espera, a história de Os Incríveis 2 começa exatamente onde o primeiro filme nos deixou, com a família Pêra tentando salvar a cidade de um ataque do Escavador, por isso, não se perde tempo mostrando o que teria acontecido com os personagens em longos intervalos de anos.

Crítica – Os Incríveis 2

O roteiro escrito pelo diretor Brad Bird é bem atual, traz bastante cenas de ação, lutas bem coreografadas, um visual com detalhes altamente trabalhados e também vários momentos reflexivos, focando em temas como paternidade e a nossa relação com a tecnologia. O longa nos faz questionar como as redes sociais, por exemplo, podem ser utilizadas como uma ferramenta de manipular e mudar as opiniões das pessoas.

E esse momento reflexivo sobre a tecnologia é passado através do vilão Hipnotizador. Apesar da revelação do vilão Hipnotizador não ser uma grande surpresa, o personagem acaba funcionando da maneira esperada no filme.

Crítica – Os Incríveis 2

O longa também encontra espaço para desenvolver os dramas juvenis de Flecha e Violeta, enquanto ele sofre com a matemática (que também tira horas de sono de Roberto), ela sofre de amores pelo Toninho Rodrigues.

Mas o grande destaque desse filme é Zezé, o bebê da família. Funcionou perfeitamente como alívio cômico, as cenas de Zezé utilizando seus poderes, se divertindo e enlouquecendo o pai são maravilhosas, deixando Roberto exausto, definitivamente é um dos personagens mais forte da cultura pop.

Crítica – Os Incríveis 2

A trilha sonora composta por Michael Giacchino deixa tudo ainda mais vibrante, com a música tema tocando em momentos chave e dando uma identidade e mais profundidade para as cenas do longa.

Os Os Incríveis 2 consegue expandir mais ainda o universo, trazendo novos personagens e várias discussões e reflexões de temas importantes, sem perder o foco na história e em seus personagens, mantendo o equilíbrio entre o humor e ação. A Pixar mais uma vez acertou em cheio e trouxe uma animação espetacular.

Ficha Técnica:

Título no Brasil: Os Incríveis 2
Título Original: Incredibles 2
Diretor: Brad Bird
Roteiro: Brad Bird
Data de estreia: 28 de junho de 2018
Duração: 118 minutos
Elenco:
Craig T. Nelson – Roberto Pêra / Sr. Incrível
Holly Hunter – Helena Pêra / Mulher Elástica
Sarah Vowell – Violeta Pêra
Huck Milner – Flecha Pêra
Samuel L. Jackson – Lúcio Barros / Gelado
Bob Odenkirk – Winston Deavor
Catherine Keener – Evelyn Deavor
Sophia Bush – Voyd
Michael Bird – Toninho Rodrigues
Isabella Rosellini – Embaixadora
Jonathan Banks – Ricardo Dicker

Trailer do filme:

Daeseung

Uma vez, eu dormi por tanto tempo, que acordei com um bigode.