Crítica – Vingadores: Guerra Infinita “Divertido, épico e um final dramático”

Crítica – Vingadores: Guerra Infinita

Falar sobre Vingadores: Guerra Infinita vai ser um pouco complicado para mim, pois eu saí do cinema totalmente impactado e em choque com o que eu acabei de assistir. Foram 10 anos esperando e 18 filmes da Marvel Studios que levaram até este momento. Kevin Feige e os diretores Anthony e Joe Russo conseguiram entregar o que prometeram, um filme nível épico.

Crítica – Vingadores: Guerra Infinita

Os primeiros minutos já são definidos pela presença assustadora de Thanos (Josh Brolin). E tem como objetivo reunir as Joias do Infinito para, assim, exterminar metade do universo. O vilão é muito bem trabalhado e as suas motivações são melhores que a da versão dos quadrinhos.

No decorrer da obra você percebe que o Thanos se vê como um herói na história, os irmãos Russo conseguiram mostrar um lado mais “humano” e sentimental do vilão. O ator Josh Brolin consegue entregar a alma em todas as palavras ditas pelo vilão, assim deixando as frases bem marcantes.

Crítica – Vingadores: Guerra Infinita

Todos os núcleos do longa tem importância, e possuem presença forte. O personagem em destaque vai para o Thor; Chris Hemsworth rouba a cena diversas vezes, e nesse filme se transformou em uma força da natureza. É o personagem que mais evoluiu nessa nova fase da Marvel.

Crítica – Vingadores: Guerra Infinita

Outra personagem que não teve tanto espaço nos longas anteriores e que se destacou nesse, foi a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), que possui um relacionamento amoroso com o Visão (Paul Bettany), e em vários momentos ela se mostra bastante poderosa ao tentar proteger o Visão do ataque da Ordem Negra.

Crítica – Vingadores: Guerra Infinita

Vingadores: Guerra Infinita apresenta um roteiro simples, tudo o que você precisa saber já foi apresentado e desenvolvido nos 18 filmes anteriores. O longa possui ação sem parar do começo ao fim, bem dinâmico, trilha sonoras bem sombrias em algumas partes, com muitas interações divertidas entre os personagens, porém, mantém o tom dramático do início ao fim e nos presenteia com um final totalmente ousado e muito comovente.

Observação: O filme possui uma cena pós-créditos, então não saia do cinema de jeito nenhum!

Ficha Técnica:

Título no Brasil: Vingadores: Guerra Infinita
Título Original: Avengers: Infinity War
Diretores: Anthony e Joe Russo
Roteiro: Christopher Markus e Stephen McFeely
Data de estreia: 26 de abril de 2018
Duração: 149 minutos
Elenco:
Robert Downey Jr. – Tony Stark / Homem de Ferro
Chris Hemsworth – Thor
Mark Ruffalo – Bruce Banner / Hulk
Chris Evans – Steve Rogers / Capitão América
Scarlett Johansson – Natasha Romanoff / Black Widow
Benedict Cumberbatch – Stephen Strange / Doutor Estranho
Don Cheadle – James Rhodes / Máquina de Combate
Tom Holland – Peter Parker / Homem-Aranha
Chadwick Boseman – T’Challa / Pantera Negra
Paul Bettany – Visão
Elizabeth Olsen – Wanda Maximoff / Feiticeira Escarlate
Anthony Mackie – Sam Wilson / Falcão
Sebastian Stan – Bucky Barnes / Lobo Branco
Tom Hiddleston – Loki
Idris Elba – Heimdall
Peter Dinklage – Eitri
Benedict Wong – Wong
Pom Klementieff – Mantis
Karen Gillan – Nebulosa
Dave Bautista – Drax
Zoe Saldana – Gamora
Vin Diesel – Groot
Bradley Cooper – Rocket Raccoon
Gwyneth Paltrow – Pepper Potts
Benicio del Toro – Taneleer Tivan / Colecionador
Josh Brolin – Thanos
Chris Pratt – Peter Quill / Senhor das Estrelas
Danai Gurira – Okoye
Letitia Wright – Shuri
Winston Duke – M’Baku
Jacob Batalon – Ned Leeds
Terry Notary – Estrela Negra
Tom Vaughan-Lawlor – Fauce de Ébano
Carrie Coon – Próxima Meia-Noite
Michael James Shaw – Corvus Glaive

Trailer do filme:

Daeseung

Daeseung

Uma vez, eu dormi por tanto tempo, que acordei com um bigode.
Daeseung